sábado, 17 de maio de 2008

Transcrevo:

Recebi um e-mail que pretendo partilhar com o maior número de pessoas. Dada a remetente, acredito na credebilidade do mesmo, contudo, vou retirar o nome de quem este e-mail trata. De qualquer forma, conseguirão perceber de quem se trata.
TRANSCREVO:
Uma dita cuja jovem apresentadora de tv deste país, tão querida, tão fofinha, tão amiga das criancinhas a quem se dirige no seu programa de tv, e que até apareceu numa reportagem televisiva recente na Sic, se não estou em erro, mostrando a sua vida privada....a casa...o roupeiro....a cozinha....que queriiiida....a sala.....E A CADELINHA YORKSHIRE, mostrando ser amiguinha dos animais..( um daqueles programas côr-de-rosa tipo "episódio especial" ou o outro .......o "fama-show".....ou ainda o "só visto"....num deles terá sido...) foi protagonista de uma cena que lhe fica muito bem, de facto.

Porque será que ela só mostrou a cadelinha yorkshire ? Fica bem prá "socialite" é ? Porque será que não contou que tem mais uma cadelinha de raça indefinida, de côr amarelada, castanha clara, que parece uma mistura de caniche médio/grande com cão d'água, que habitualmente deixa-a literalmente "abandonada" pelas ruas do restelo, onde vive ?

Pois é....e o mais "engraçado" é que numa tarde deste Abril de 2008, estava pacatamente numa pastelaria do restelo, junto à casa da dita jovem a lanchar com a familia e vi este animal a andar por ali, por entre as mesas dos clientes, a comer de tudo, das mãos das pessoas, do chão, dos caixotes de lixo.

De repente teve um ataque epiléptico, ficou toda sujita no chão da pastelaria e ninguém a ajudou......e o dono da pastelaria ordenou às empregadas de limpeza que pusessem o animal "dali pra fora" para que não desse mau aspecto ao seu estabelecimento....as empregadas recusaram fazê-lo e comentaram o sucedido com os clientes que estavam sentados na esplanada.

Ao serem questionadas disseram coisas do tipo " veja lá que o meu patrão quer que a gente ponha a bichinha na rua, para que as pessoas nao o vejam a ele a fazer isso.....mas a gente nao faz...ele que faça se quiser, que ele quer é ficar bem visto perante os clientes e nós é que fazemos o papel das más da fita "....Atitude louvavel....

Quanto á pergunta " Mas de quem é este animal ? " A resposta : " Ai este bicho é ali de uma pessoa conhecida que eu nao vou dizer o nome sabe como é.....mas anda os dias todos na rua...esta tao sujinho coitadinho e com o pêlo tao estragadito, ninguem lhe liga nenhuma e vai todos os dias ali abaixo no outro lado da rua nuns escritorios onde uma senhora lhe da de comer todos os dias......so que como nao trabalha ao fim de semana, o animalzinho so come durante a semana".....

E pensou-se obviamente em pegar na bichinha e leva-la para um sitio sossegado onde lhe dessem a atenção que ela necessita...

Quando se preparava essa accao de retirada, alguém alertou " não a levem que ela é daquela casa ali".

Foi então que levei a cadelita pela trela LITERALMENTE a arrastar-se porque estava sem força nenhuma nas pernas, depois do ataque epiléptico e estranhámos o facto de estar a bater muito com a cara nos vidros da pastelaria, minutos antes.

Lá chegámos à dita casa, mais um belo símbolo "jetsético" e......nada...ninguém !

E naqueles instantes em que se estava ali a pensar o que fazer em seguida, aparece um vizinho que diz...."essa casa tem pessoas a viver sim, mas nao deve estar ca ninguem agora, podem abrir o portao e meter a cadela la dentro que depois ha-de aparecer alguem".

Assim se fez, pelo menos o animal estaria ali dentro sossegado....( se calhar ía fazer cócó no patio ou no quintal.... que chatice rica...ai que horror....pu-pu da cadela...pffff....chegue-se pra lá..." )......

Nisto aparece um amigo da proprietaria da casa, a quem ja pelos vistos o dono da pastelaria tera telefonado a avisar o que se estava a passar e diz " ai isso é normal...ela é epiléptica e depois quando tem ataques fica cega durante uns minutos e bate de frente contra tudo "....mas eu ja avisei a dona dela que já está a chegar..... e eis senao quando chega a querida ......" ai c'órrôr.....desculpem lá sim?.....ó nina...( prá cadela )....qué que tu andas a fazer ?.....

Foi-lhe contado o sucedido...o animal andava literalmente perdido à procura de proteccao....sentia-se certamente fragilizado e mal , teve um ataque epileptico e estava desesperado à procura de um sitio onde se sentisse protegido. A resposta " Isto já nao é a primeira vez...é habitual....ela tem epilepsia e depois dos ataques fica cega ! "......E nisto abre a porta de casa e lá de dentro sai......voilá!!!!.....a tal cadelinha yorkshire , estrela de tv...a eleita.....a supé-bem e mais nao sei o quê.....Coitadita, nao tem culpa de ser A privilegiada..

Nao é bem aquela coisa grande que agora estava ali sentada no patio de casa porque nem se aguentava de pé.....

A "nossa" ( Ai Ronaldo, Ronaldo ) teve então uma ideia brilhante e diz aos amigos que estavam com ela : "Olha vou po-la lá atrás no quintal, ajuda-me aqui" ....e o animal nem 2 degraus foi capaz de subir....não é exagero.....SÃO 2 DEGRAUS !!!!......."Aiii ajuda-me aqui que ela é pesadissima e nao quer subir isto"......Não meu amor....não....o verbo não é "querer" mas sim "poder", ou ainda "conseguir"....mas verbos não devem, de facto, ser o teu forte....

Prosseguindo.... A cena estava a ser "vergonhosa" para a querida/rica/fôfa e tudo e tudo e tudo....e o gesto de colocar a cadelinha no quintal foi nitidamente uma atitude de repulsa para com o animal, escondê-lo para que as pessoas que passavam nao vissem o que se estava a passar. E depois de estar no quintal, arrastada, a dita cuja "princesinha da tv" meteu-se no bólide e lá foi ela....à vidinha dela que nao se pode perder tempo agora com "o raio da cadela "......

Se esta gente sabe que o animal tem esta doença, e que os ataques são habituais, porque a deixa andar à solta nas ruas do Restelo, o dia todo, todos os dias, sozinha ?

E mais que agora não digo porque te fiquei com "um pó" que não imaginas...

Agora, quando souber disto, muito provavelmente quem vai pagar por retaliações será a desgraçada da cadelinha "causadora" desta historia.

Minha querida cada vez que te vejo no spot de promoção tv do Rock in Rio a dizer " Eu Vou....", eu sei bem para onde é que tu ías....

Fosse este País evoluído e não te ficarías a rir....

5 comentários:

Paty'S disse...

Olá linda!!
Queria que visitasses o meu blog pois vou ajudar umas meninas de um lar ca em Leiria e gostaria de ter a tua ajuda!!

Beijoca's
Paty'S

Paty'S disse...

Olá linda!!
Queria que visitasses o meu blog pois vou ajudar umas meninas de um lar ca em Leiria e gostaria de ter a tua ajuda!!

Beijoca's
Paty'S

Cida Alves disse...

OI COMO VC ESTA ?
ESPERO QUE BEM, UMA OTIMA SEMANA.BJKS

Cida Alves disse...

GOSTRIA QUE VC PARTICIPASSE DA MINHA TROQUINHA, PASSA LA NO MEU BLOG E CONHEÇA . A TROCA DAS ARTESÃS.

Coisas de Mulher disse...

Bem, ainda gostava de saber quem é essa pindérica mas pronto,
no meio desta história toda ainda é o que menos interessa...